Se você ainda não assistiu, então coloque na sua lista “Pose”, que chegará ao serviço de streaming da Netflix em setembro, e acaba de ser renovada para ter sua terceira temporada.

A série está fazendo história por exaltar o protagonismo trans por meio dos personagens. Além disso, “Pose” consegue mesclar temas muito importantes, como o enfrentamento da epidemia do HIV nos anos 90, quando o diagnóstico ainda não tinha tratamento, com outros assuntos voltados para o entretenimento.

Um exemplo disso, está na segunda temporada, que mistura vários assuntos com o tema “Vogue”, onde fala da explosão e da quebra de paradigma que a música de Madonna causou no início da década de 90. Em resumo, a série é uma verdadeira obra prima de Ryan Murphy, diretor de séries como Glee, American Horror Story e Scream Queens.