A segunda temporada de Pose mostra o personagem de Porter, Pray Tell, transando com Ricky Wintour (Dyllón Burnside) e a amizade entre eles se transforma em um romance.

Pose: Billy Porter explica por que foi tão difícil gravar cena de sexo
A cena de Pose mexeu com ele, em parte porque era uma representação autêntica de homens negros gays vivendo com HIV fazendo sexo | Foto: Reprodução/Pose

Por ser um raro – se não único – retrato de dois homens negros gays fazendo sexo em um canal de tv, a cena foi comemorada por fãs e por críticos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Mas Billy Porter disse que filmar sua primeira cena de sexo em Pose foi uma coisa muito “difícil” de fazer, pois foi a primeira vez que ele protagonizou uma cena romântica com um homem.

“Como um homem gay negro que viveu durante 30 anos em um conto de fadas, de nunca, nunca ser objeto de afeto de alguém em qualquer trabalho em toda a minha carreira, nunca … Eu não recebi um beijo em qualquer trabalho”, disse ele.

VEJA TAMBÉM:  Indya Moore se diz decepcionada com declaração de Billy Porter sobre ausência de atrizes trans no Emmy

A cena de Pose mexeu com ele, em parte porque era uma representação autêntica de homens negros gays vivendo com HIV fazendo sexo.

Pose: Billy Porter explica por que foi tão difícil gravar cena de sexo
Porter admitiu que foi muito difícil, também, porque não está acostumado a se ver em cenas de sexo | Foto: Reprodução/Pose

Além do apelo emocional, Porter admitiu que foi muito difícil, também, porque não está acostumado a se ver em cenas de sexo, e só conseguiu assistir à cena uma única vez.

“Não consigo nem assistir”, disse ele. “Não por causa da minha aparência, apenas porque ainda estou tentando encontrar um espaço onde possa ficar confortável me vendo fazendo sexo na tela. Não é fácil de assistir. Assisti com meu marido pela primeira vez e nós dois ficamos assim [fazendo caretas]. Nós gritamos! “