Uma pesquisa divulgada esta semana pela Netflix em parceria com a GLAAD do Brasil revelou que 81% do público hétero assiste séries LGBTQ+.  As produções ainda os ajudaram eles a se conectar mais com a comunidade.

Eric, de “Sex Education“, Casey, de “Atypical“, Theo, de “Sabrina“, Omar, de “Elite“, e Robin, de “Stranger Things” foram os personagens mais lembrados.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

81% de brasileiros héteros assistem séries LGBT+, aponta Netflix

Monica Trasandes, diretora de mídia latina e representação em língua espanhola da GLAAD, falou sobre a importância do sucesso dessas séries.

“Dada toda a polarização do mundo hoje, a representação nas telas importa mais do que nunca. A Netflix e os criadores de todo o mundo têm a oportunidade de aumentar a aceitação da comunidade LGBTQ+ por meio do entretenimento. Séries como Sex Education e Elite não são apenas grandes histórias, elas permitem que mais pessoas vejam suas vidas na tela – aumentando a empatia e a compreensão. Os dados comprovam: mais representatividade acelera a aceitação.”

A pesquisa ainda informa que 85% dos LGBTQ+ afirmam que o entretenimento ajudou suas famílias a os compreenderem e terem mais informações sobre o tema.

VEJA TAMBÉM:  Netflix lança sua 1ª comédia gay: Alex Strangelove
Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.