Se você é mais um gay que tem crush no ator James Franco, o catálogo da Netflix é um prato cheio! Ok, nunca seria suficiente e talvez a gente sonhe em ver ainda mais do ator, mas dá pra aproveitar bem, viu menina?

Em entrevista, ao ser questionado se era gay, James Franco nunca foi muito claro, dizendo no máximo que “até certo ponto sim”. O que a gente pode entender disso, não se sabe, mas de qualquer forma, em sua carreira não são poucas as obras de temática LGBT onde o ator aparece até recebendo sexo oral ou praticando sexo a três.

Milk

James Franco e Sean Penn em Milk. (Foto: Divulgação)
James Franco e Sean Penn em Milk. (Foto: Divulgação)

Sean Penn protagoniza Milk, a obra que conta a história de Harvey Milk, o primeiro político abertamente gay da história. É um filme incrível e que ganhou vários prêmios, disponível no catálogo da Netflix. Nele, James Franco interpreta o amante de Milk, Scott Smith.

I am Michael

Cena de I Am Michael (Foto: Divulgação)
James Franco em cena de I Am Michael (Foto: Divulgação)

O filme I Am Michael é baseado na história verídica de Michael Glatze (James Franco), que alegou que não era mais gay e se tornou um pastor hetero… História típica de negação e homofobia internalizada, né? No longa, Michael tem um relacionamento gay secreto com Bennett (Zachary Quinto), editor da bem-sucedida revista XY, ao mesmo tempo em que morava em San Francisco – o berço dos Direitos LGBTs no mundo. ao se mudar para a cidade de Halifax, no Canadá, a trabalho, ele fica com o jovem Tyler (Charlie Carver). Após vários ataques de pânico por não aceitar sua sexualidade, que briga com sua religião, Michael parte em busca de resposta em uma jornada de conflitos e auto-conhecimento.

Cena de sexo a três com James Franco e Zachary Quinto em I Am Michael. (Foto: Reprodução)
Cena de sexo a três com James Franco e Zachary Quinto em I Am Michael. (Foto: Reprodução)

King Cobra

James Franco em King Cobra (Foto: Reprodução / Netflix)
James Franco em King Cobra (Foto: Reprodução / Netflix)

Baseado em uma história verídica, King Cobra é a história da ascenção da estrela de pornô gay Brent Corrigan, interpretado pelo muso Garret Clayton. A trama da produção original Netflix envolve o assassinato de um ex-empresário e revela bastidores desta indústria. Em uma cena do filme, James Franco chega a receber sexo oral.

Goat

Cena de Goat, com Nick Jonas e James Franco. (Foto: Reprodução)
Cena de Goat, com Nick Jonas e James Franco. (Foto: Reprodução)

Embora não seja gay em si, o filme Goat – protagonizado por Nick Jonas (outro bom motivo pra ver, né?) é bastante homoerótico. O filme explora o lado mais sombrio e frequentemente violento – ainda que pouco falado – das fraternidades universitárias.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).