A série turca da Netflix, Love 101, inicialmente teria um personagem gay no núcleo principal, mas, de acordo com a “BBC Turkey”, a produção acabou não abordando a orientação sexual dele.

A decisão veio após um pedido do Conselho Supremo de Rádio e Televisão da Turquia (RTÜK), em “negociações bilaterais” entre a empresa e a Netflix. “Com as negociações bilaterais, o problema sobre esse personagem foi removido”, disse uma autoridade da RTÜK, em anonimato.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O personagem em questão seria Osman, o único dos cinco principais que permaneceu sem um par romântico na série. Na produção, ele é filho de pais pobres e sonha em ser rico, sendo extremamente inteligente e esperto. Segundo a matéria, ele foi escrito para ser homossexual, mas teve o enredo alterado.

VEJA TAMBÉM:  Netflix é criticada por errar gênero de personagem trans em versão brasileira de Sabrina

Antes da série estrear no serviço de streaming, o boato da sexualidade de Osman começou a circular na internet e gerou revolta em algumas pessoas conservadoras da Turquia.