Sem dúvida, O Segredo de Brokeback Mountain foi um filme que marcou época e revolucionou a forma de retratar histórias de amor LGBTs no cinema. Forte, comovente, triste e ousado, o longa teve como protagonistas Jake Gyllenhaal e o falecido Heath Ledger.

Um verdadeiro sucesso de público e crítica, o longa levou o Oscar de Melhor Direção, além de concorrer como Melhor Filme e ter os dois atores principais indicados ao prêmio. Entretanto, como já era de se esperar, na época, a história também gerou polêmica e despertou o preconceito dos infelizes.

Nesta semana, durante entrevista ao Sunday Today, Jake  relembrou como Heath respondia às críticas preconceituosas contra a trama. Segundo ele, o ator odiava as manifestações homofóbicas.

“Eu vejo algumas pessoas que fizeram piada com isso, ou me criticaram sobre algumas falas que eu digo no filme – e eu amo isso sobre o Heath. Ele nunca fazia piadas. Alguém queria fazer uma piada sobre a história, ou coisa do tipo, e ele falava, ‘não! Isso é sobre amor, não, cara’”, revelou o ator.