Com o isolamento social, muitas produtoras disponibilizaram o acesso as plataformas de conteúdo. Uma das iniciativas mais inovadoras nesse sentido foi a LGBTflix, que reúne diversos curtas e longas-metragens sobre a comunidade LGBT+.

A iniciativa já reúne mais 150 filmes, que são divididos entre as letras da sigla LGBT+, mas o usuário também pode usar filtros como “raça”, “família” e “gênero” para melhorar a pesquisa. No meio de tantos títulos, fica difícil saber por onde começar, por isso te indicamos 8 obras que estão disponíveis na plataforma. Confira a lista:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Lugar pra Ninguém

Veja a obra aqui

Sinopse: “Após 10 anos presa, Quixaba, uma mulher trans, retorna a inóspita cidade Lugar pra Ninguém e junto com ela as lembranças de sua história de amor com Xavier”.

Love Snaps

VEJA TAMBÉM:  45 Dias Sem Você: drama gay dos mesmo produtores de “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” ganha trailer

Veja a obra aqui

Sinopse: “Filmando através do Snapchat, a história (tão atual), mostra o vício de Rafael, expondo seu namorado Yuri, e suas intimidades, no aplicativo. Um dia Yuri perde a paciência, e Rafael se vê obrigado a mudar de hábitos (ou não)”.

Tamagotchi

Veja a obra aqui

Sinopse: “Laura decide desligar a internet e olhar o mundo ao seu redor. Ela logo conhece Agatha e as duas se apaixonam. Quase como se tudo estivesse programado para acontecer”.

A Cama do Tesão

Veja a obra aqui

Sinopse: “O jovem Dinho herda uma pitoresca cama de casal de sua avó. Quem dela (da cama, não da avó) se aproxima sente desejos incontroláveis. Pornochanchadas, Almodóvar e Carlos Zéfiro se encontram nesta fábula erótica-existencial”.

Elas por Eles

VEJA TAMBÉM:  33 das melhores produções LGBTs que você pode assistir na Netflix

Veja a obra aqui

Sinopse: “Este é o 1º ( e único! ) clipe-manifesto do ELAS POR ELES, um coletivo de atores/cantores/dançarinos/performers/videomakers/cineastas, dedicado a homenagear as grandes divas da nossa MPB. Para estrear, elegemos um hino mais atual e gay do que nunca, ‘Vaca Profana”, de Caetano Veloso, na voz de Gal Costa’.

Preciso Dizer que Te Amo

 

Veja a obra aqui

Sinopse: “Documentário sobre a resiliência e a luta contra o suicídio entre as pessoas Trans. Preciso Dizer que Te Amo retrata a relação de jovens trans com o corpo, com a vida e com o sagrado”.

Reforma

 

Veja a obra aqui

Sinopse: “Saindo com um rapaz diferente a cada dia, Francisco revela à amiga Flávia que está insatisfeito com seu corpo gordo. Ela o ouve, mas tem dificuldade para entender a dimensão do problema do amigo”.

Oceano

VEJA TAMBÉM:  “Você nem imagina”: Conheça o novo romance LGBT+ da Netflix

Veja a obra aqui

Sinopse: Luna é uma garota que tem poderes sobre a água, quando ela viaja para a praia com os amigos, que têm poderes sobre outros elementos da natureza, o desejo por ser tornar uma super-heroína começa a crescer na jovem.

E você, já viu algum desses? São tantas obras, entre filmes, curtas e documentários, que com certeza ficaram faltando outras produções na lista, sem falar dos que ainda não vimos. Então se aquela produção maravilhosa que você viu não está na lista, é só recomendar ela aqui nos comentários para que mais pessoas possam conhecer as obras LGBT+.