Em 2018 a comunidade LGBTQ+ teve grande visibilidade nas novelas exibidas pela Rede Globo, entre elas: “Malhação Viva a Diferença”, “O Outro Lado do Paraíso”, “Orgulho e Paixão” e em “Malhação Seu Lugar no Mundo”.

Em “Malhação Viva a Diferença” a comunidade LGBTQ+ foi representada pelo casal gay que estava entre os protagonistas da trama, o qual foi interpretado por Manoela Aliperi, que deu vida a personagem Lica e a Giovanna Grigio, que interpretou a personagem Samantha. Na trama criada por Cao Hamburger, as duas personagens se aproximaram e começaram a ter um envolvimento romântico o qual resultou em um “beijaço” entre as duas que foi ao ar no dia 02 de janeiro e que levou a internet a loucura.

Cena da Samantha (Giovana Grigio) e Lica (Manoela Aliperi) se beijando em “Malhação Viva a Diferença”.

A novela “O Outro Lado do Paraíso”, escrita pelo autor Walcyr Carrasco, contou o drama do médico Samuel (Eriberto Leão), que não aceitava sua homossexualidade e por isso casou-se com uma mulher. Além disso, o personagem tinha uma mãe preconceituosa, interpretada pela atriz Ana Lúcia Torres, que acreditava na “cura gay”. No decorrer da história o personagem conseguiu se aceitar e também assumir sua sexualidade e seu caso com outro homem, Cido (Rafael Zulu). Na trama o beijo gay entre Cido e Samuel foi ao ar no dia 09 de maio, o qual teve uma grande repercussão na internet, onde as hastags com o nome da novela e dos personagens foram parar no trending topics do Twitter.

Cido (Rafal Zulu) e Samuel (Eriberto Leão) se beijando em “O Outro Lado do Paraíso”.

A trama escrita por Marcos Bernstein, “Orgulho e Paixão” contou a história de amor entre dois rapazes que se apaixonam no século 20, o mecânico Luccino (Juliano Laham) e o oficial vivido por Otávio (Pedro Henrique
Müller ). O casal “Lutavio”, o ship do casal, foi o responsável por apresentar pela primeira vez o beijo gay em uma novela das 18h desde a inauguração desta faixa de horário em 1971, a cena foi exibida no dia 12 de setembro.  A internet foi à loucura com os fãs que vibraram com a cena, inclusive o cantor Lulu Santos, que assumiu este ano seu namoro com o Clebson Teixeira.

Luccino (Juliano Laham) e Otávio (Pedro Henrique Müller) protagonizando o primeiro beijo gay de uma novela das 18h.

Após 23 anos que a novela Malhação é exibida pela Rede Globo, nesse ano em “Malhação Vidas Brasileiras”, foi a primeira vez que ocorreu o beijo gay entre dois rapazes e também a primeira vez que teve uma personagem trans na trama. A cena do beijo gay foi protagonizada pelos estudantes Michael (Pedro Vinícius) e Santiago (Giovanni Dopico). A cena também foi bastante comemorada nas redes sociais pelos fãs e pelos próprios atores que protagonizaram o beijo, a cena foi ao ar no dia 03 de outubro. Na trama eles se apaixonaram através de cartas secretas em que um escrevia para o outro. Já a personagem trans foi interpretada pela atriz transgênero Gabriela Loran, de 24 anos. Na história escrita por Patrícia Moretzsohn e colaboradores, a atriz deu vida à personagem Priscila, uma professora de stiletto que lutou contra o preconceito e debateu sobre a identidade de gênero.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Cena do beijo entre Michael (Pedro Vinícius)e Santigo(Giovanni Dopico).

Que em 2019 a representatividade LGBTQ+ possa crescer ainda mais e que não precise mais estipular horários para demonstrar o amor entre duas pessoas do mesmo sexo, como disse Juliano Laham em uma entrevista esse ano, quando o mesmo falou sobre o beijo gay que protagonizou em “Orgulho e Paixão”.

Confira no vídeo abaixo os 12 beijos gays das novelas.

Maikon Stefan
Amante do teatro, tv e de Harry Potter, formado em Técnico em Administração e Bacharel em Ciência e Tecnologia (UNIFESP-SJC). Atualmente cursa Engenharia de Materiais (UNIFESP-SJC). Também foi Presidente da Empresa Júnior (Ectm Jr). "Me chama pra causar que eu vou".