O filme Forbidden Love in Heaven tem feito sucesso na China. O longa, que aborda a vida de um casal gay que adotou uma criança sem teto, se tornou um feito inédito no país.

A China possui um baixa taxa de aceitação com relação a união de pessoas do mesmo sexo e muitos cineastas chineses costumam ser censurados. As autoridades do país asiáticos não reconhecem a existência de pessoas LGBTQIA+.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O cineasta Ran Yinxiao procurou desafiar a indústria cinematográfica chinesa e lançou orbidden Love in Heaven nas plataformas de streaming. O jovem de 19 anos declarou ao South China Morning Post que a produção foi ” uma tentativa ousada de explorar as dificuldades que as minorias sexuais enfrentam para construir uma família.

Filme sobre casal gay que adota criança de rua faz sucesso na China (Foto: Reprodução / Instagram)
Filme sobre casal gay que adota criança de rua faz sucesso na China (Foto: Reprodução / Instagram)

” Meu pensamento era que se três pessoas diferentes, sem laços de sangue, pudessem começar uma família, então esta deveria ser a família mais forte do mundo.” concluiu Yinxiao.

VEJA TAMBÉM:  12 histórias de amor LGBT que fizeram história nas séries de TV

O filme enfrentou alguns problemas com os reguladores de mídia, responsáveis por proibir a transmissão de  “conteúdo vulgar, imoral e insalubre’. O órgão é gerido pela Administração Nacional de Rádio e Televisão.

Os regulamentos da agência forçaram muitos cineastas a ocultar histórias queer e censurar que esses filmes fossem ao ar. Yinxiao conseguiu a aprovação de seu filme após deixar o trailer indefinido.

“Eu penso comigo mesmo, por que existem os cineastas? Nossa lente de câmera é nossa arma. Ampliamos a abertura para permitir que mais luz incida sobre lugares do mundo que não são enxergados”.