Após várias polêmicas envolvendo a visibilidade trans, o filme “Rub e Tug”, que conta a história do homem trans Dante “Tex” Gill, reapareceu com novidades.

Inicialmente, a produção iria trazer Scarlett Johansson no papel de Tex, mas recebeu diversas críticas da comunidade LGBT+, ativistas e outros famosos por colocar uma mulher cis vivendo o papel de um homem trans.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Com a repercussão, a atriz acabou desistindo do papel e o filme entrou na “geladeira”, ou seja, se ele seria ou não gravado era uma grande dúvida. Mas, depois de dois anos sem novidades, parece que a produção continua firme.

De acordo com o UOL, a produtora New Regency vai desenvolver a produção como série de TV e não mais para o cinema, como nos planos originais. Outra novidade é que ela está sendo desenvolvida por Our Lady J, que também roteirizou Pose e é trans.

VEJA TAMBÉM:  Nesta semana, estreia nos cinemas o romance gay: "45 Dias Sem Você"

Além disso, após a polêmica, a série está comprometida a escalar um ator trans para viver o papel. Cindy Bruno Gill, viúva de Tex, será uma das produtoras.

Tex comandou em 1970 uma cadeia de casas de massagens ilegais que serviam como bordéis, em Pittsburgh (EUA). Ele ficou famoso por empregar muitos LGBTs que haviam sido expulsos de casa ou não conseguiam trabalho. O “gângster” foi preso em 1984 e morreu em 2003, aos 72 anos.