Mais conhecido por apresentar o “Bom Dia & Cia” ao lado de Priscilla Alcantara e Maisa, Yudi Tamashiro participou de uma live de Lisa Gomes, repórter do TV Fama, onde fez algumas revelações.

Segundo o paulista, ele já tentou se imaginar se relacionando com outro homem e propostas não faltaram.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Eu já parei para pensar muito nisso e várias vezes. Tive sempre muito contato com pessoas que queriam ficar, tentei me imaginar ficando com outro cara pra entender e eu não conseguia. É algo que tinha um bloqueio. Eu tentei imaginar ficando com outro cara pra entender e eu não conseguia. É algo que tinha um bloqueio. Eu tentei imaginar, é algo que não faz muito sentido, não me sinto confortável, são coisas que eu não sei explicar, é algo que as pessoas precisam respeitar também.”

Yudi também contou que sofreu assédio nos bastidores do musical Mamonas, que retratava a vida da famosíssima banda de sua cidade natal, Santos.

“Os meninos ficavam com uma brincadeira de ficar passando a mão. Eu falei que nunca tive contato com gay, mas vou fazer algo pra evitar um problema futuro. Chamei o diretor, o elenco, e falei que não tinha preconceito, até porque fui criado dentro de uma televisão e na TV tem tudo, mas eu não queria que passem a mão na minha bunda. Deixei tudo bem claro e foi a melhor coisa que eu fiz na minha vida.”

O apresentador se converteu há três anos e agora é evangélico. Aos 27 anos, Tamashiro diz ter mudado totalmente de vida.

“Eu queria ficar muito louco mesmo, viver intensamente. Quando me converti, parei de beber. Me converti faz três anos. Eu tive a oportunidade de experimentar tudo isso. Mas nada disso foi o suficiente para completar essa felicidade. O que me fez feliz mesmo foi encontrar Jesus Cristo. Para mim fez total sentido. A felicidade já está dentro de mim.”

Yudi está inclusive em abstinência sexual no momento e tenta até não se masturbar.

“Estou há nove meses sem sexo. Me masturbar, eu me masturbei essa semana, mas já fiquei mal, tô lutando contra isso. Passa rápido [o tempo em que fica sem sexo], a gente começa a sentir amor em tudo. Eu passei a acreditar mais no amor.”

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.