Winona Ryder disse já ter recusado autógrafo a um ex-colega de classe que a chamou de “bicha” na escola. A protagonista de Stranger Things dividiu o acontecido em um post no seu Instagram onde falou sobre bullying na escola. Alguns colegas a provocavam dizendo que ela parecia um menino gay:

“Me lembro de quando quis ir vestida com um casaco masculino que eu adorava. Estava indo ao banheiro quando ouvi no corredor: “Ei seu bicha!” e um menino bateu minha cabeça no armário ao que outros riram.

Alguns anos mais tarde, estava em um café e essa mesma pessoa chegou em mim dizendo ‘Winona, Winona, posso pegar um autógrafo?’, ao que eu olhei bem e disse ‘Você se lembra de mim? Lembra que na sétima série você me bateu?’. A pessoa não se lembrava ao certo e eu disse: “Bem, era eu! Foda-se você!”.

O post com o relato de Winona e sua foto adolescente no colégio viralizou no tweet e teve milhares de RTs:


Assista também:


Aprenderam com Winona como se faz, né mores? Quando estiver famosa, nada de dar autógrafo pra qualquer um!!

Veja também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).