A vencedora da nona temporada do reality Rupaul’s Drag Race, Sasha Velour, criticou a ausência de artistas transexuais e não-binários no anúncio do elenco da nova temporada do programa.

“Não há limitações sobre quem pode fazer o teste para o Drag Race, mas sobre o elenco… Estou animada para ver algumas mudanças por lá. Na minha opinião, é necessário que isso aconteça para o futuro do programa, mas não sei quais decisões eles tomarão”, afirma a rainha ao Gay Times.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Sasha também observa que “as performances mais emocionantes vêm de artistas dessa parcela não representada da comunidade LGBTQ e que o Drag Race não deve ser visto como o ‘representante de toda a cultura em questão’”.

Para Sasha, a representatividade é importante, mas considera que a arte drag vai, e deve ir, além das limitações que um reality show possui. “Talvez eles gostem de ganhar esse título [da cultura drag], mas acho importante que um programa de televisão não represente toda a arte por si só. Drag é o que existe no mundo, não o produto de um único programa de televisão”, relata.

VEJA TAMBÉM:  Vegas! Confira o trailer da nova série documental de Drag Race

Foto: Divulgação/ Instagram