Recentemente, Tyra Sanchez desistiu – de novo – de sua carreira drag e pediu para que seja chamada pelo seu nome de batismo, James Ross.

O vencedor da segunda temporada de “RuPaul’s Drag Race” tem um recente e longo histórico de desavenças com o programa e a própria RuPaul.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Nesta semana, em uma série de tweets, James falou bastante sobre o reality show, expondo muita coisa suja que supostamente rolava nos bastidores.

O americano revelou ter se envolvido sexualmente com Sahara Davenport, outra participante de “Drag Race” da mesma temporada que Tyra, que faleceu em 2012. 

“Sahara chupou meu pau na primeira noite de gravação da season 2, enquanto Shangela dormia na cama ao lado. Se vocês vão ser desonestos e expor fatos sem razão alguma além de serem boiolas desonestos, ao menos digam a verdade completa. É por isso que não me envolvo com vocês”. 

Sahara tinha um relacionamento com Manila Luzon, queen que veio a participar da season 3. James e Manila nunca se deram bem e o tweet foi claramente uma provocação.

VEJA TAMBÉM:  Gloria Groove confirma reality de drags na Netflix e já revela nome

Ainda mais que Luzon está com sua imagem manchada atualmente, após defender policiais que estavam sendo criticados depois do assassinato de George Floyd.

Após isso, Ross pediu para que parem de relacionar seu nome com “Drag Race”.

“Vocês não entendem. EU NÃO QUERO ME ENVOLVER COM ABSOLUTAMENTE NADA DA SUA COMUNIDADE TÓXICA. PAREM DE ME MARCAR EM SUAS PUBLICAÇÕES, PAREM DE ME INCLUIR COM SUAS CAMPEÃS. APENAS ME ESQUEÇAM. ISSO É DIFÍCIL DE FAZER, PORRA?”

Ele acusa a produção do reality de hipocrisia e racismo.

“E RuPaul, Drag Race e World of Wonder ficaram em silêncio por anos sobre a importância de vidas negras. Não pense por um segundo que eles se importam com vocês. É simplesmente a tendência do momento para eles se envolverem. Todos eles são racistas […] E não me diga que há coisas mais importantes para serem discutidas agora, quando tenho gritado sobre tais coisas pelos últimos dez anos, enquanto vocês continuam mandando seu ódio racista diariamente para mim.”

James Ross finalizou falando sobre o preconceito diário que ele mesmo sofre na internet.

VEJA TAMBÉM:  Raven, de Rupaul's Drag Race ganha seu 1º Emmy

“Vocês agem como se isso [o desabafo] viesse de lugar nenhum. Toda manhã acordo para sua merda racista e digo nada. Bloqueio vocês e sigo a vida. Hoje tenho tempo. Estou com nojo e cansada de estar com nojo, e cansada de pessoas brancas deixando comentários de ódio em meu perfil e na DM todo santo dia.”

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.