Não param de surgir novas acusações de assédio contra ator Kevin Spacey. Semana passada foram 6 homens, entre atores e produtores, que relataram à imprensa já terem sido alvo das investidas do protagonista de House Of Cards.

Como se não bastasse, agora, oito funcionários da série House Of Cards da Netflix afirmaram já terem passado por episódios de assédios do ator.

Dentre os relatos das pessoas que preferiram manter o anonimato para evitar o assédio da imprensa e invasão de vida pessoal, os comentários eram de que o vencedor de dois Oscars tinha um comportamento intimidador, que incluía contato não consensual e comentários brutos, dirigidos especialmente contra homens jovens.


Assista também:


Um ex-assistente de produção chegou a afirmar que foi vítima de uma tentativa de estupro durante as filmagens de uma das primeiras temporadas.

A Netflix e a produtora da trama política suspenderam esta semana a produção da sexta e última temporada, prevista para 2018, para ”revisar a situação atual e abordar qualquer preocupação” no set.

Entenda melhor no vídeo abaixo como se deu a primeira denúncia contra Kevin que incentivou todas as seguintes, e como o ator se aproveitou da situação para sair do armário de maneira equivocada:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).