O filho de Cássia Eller, Chico Chico, deu uma entrevista ao canal do Youtube “Papo de música” nesta semana, e falou sobre a cobrança em se posicionar a favor das causas LGBTQI+. Apesar de ser filho de um casal de mulheres lésbicas, o músico afirmou que levantar a bandeira da causa não é o seu papel.

“Não é o meu papel, enquanto homem branco da Zona Sul do Rio de Janeiro, heterossexual, carregar a bandeira LGBT. Não faria sentido isso. Sou fruto de um casal LGBT que elas, sim, sem levantar bandeiras, e por opção pessoal delas mesmas, representam uma coisa gigante que eu me orgulho muito. Quer dizer que a gente é uma família, que esse amor existe. Não tenho pretensão de carregar bandeira, até porque não faria sentido. Sou uma pessoa pra dar apoio, e apoio toda a forma de luta nesse sentido”, disse ele.

Ainda no bate papo, o músico de 25 anos ainda falou sobre ser filho de um dos maiores ícones da música brasileira. “Não me sinto cobrado. Até porque eu não encaro assim, não é a minha preocupação. Entendo que tem gente que acha isso, mas não é essa a minha preocupação”, declarou.

Assista ao vídeo abaixo: