Em entrevista à revista QUEM Acontece, o ator Marco Nanini, 70 anos, falou sobre sua preocupação com o aumento dos casos de LGBTfobia no Brasil. Gay assumido, o artista disse que sente medo pela situação vulnerável que muitos LGBTs se encontram.

“Fico chateado. É uma injustiça isso. Não tenho medo porque nunca aconteceu nada comigo diretamente. Mas eu fico tenso com o que acontece com os outros”, afirmou.

No bate papo, Marco ainda contou qual foi sua motivação para assumir sua sexualidade em 2010, quando decidiu revelar que é gay. Segundo ele, um fator determinante foi perceber que, como pessoa pública, assumir sua homossexualidade poderia contribuir para combater ao preconceito.

“Por isso que eu resolvi falar sobre esse assunto (da sua relação com o produtor Fernando Libonati). Quando houve aquele episódio horroroso de quebrarem lâmpadas na cabeça de um rapaz gay, na Paulista, em São Paulo. Aquilo foi de uma forma covarde, pelas costas, em grupo. Isso me gerou uma revolta e eu tive que falar e falei”, declarou.