Como já noticiamos aqui, na última semana, Eduardo Costa deu uma entrevista ao jornalista Leo Dias, do programa Fofocalizando, onde falou que acharia triste ter um filho gay afeminado.

“Se eu tiver um filho homossexual você acha que eu vou ligar? Eu não. É ruim? É triste? Claro que não. A parte triste é se esse filho meu levantar bandeira e sair falando por aí que o filho de todo mundo tem que ser viado”, afirmou o cantor, por sinal, de forma muito incoerente.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Após a declaração, o jornalista e apresentador de TV Leão Lobo resolveu rebater o cantor. “Esse é o incoerente Eduardo Costa. Ficou aí se vangloriando que pegou que pega mil mulheres, dez mulheres, não sei quantas por dia, e aí o homossexual não pode falar, não pode levantar bandeira?”, indagou o veterano.

E completou: “Que direito ele tem de dizer o que homossexual pode ou não pode? Fica na dele! É um absurdo isso. Ele nem percebe a incoerência dele. Ele pode tudo, pode contar que pega dez mulheres, se vangloriar que a agenda tem mil mulheres, e os homossexuais tem que ficar quietinhos?”, questionou o comunicador.

VEJA TAMBÉM:  "Eu não sou louco. Minhas lutas não são só minhas. Muitas pessoas passam por isso", declara Colton Haynes

Vale lembrar que, Leão foi uma das primeiras personalidades da mídia a assumir sua homossexualidade em rede nacional na TV. Para quem não sabe, o comunicador saiu do armário em 1984, no meio de uma entrevista ao antigo programa da jornalista Silvia Popovic. Desde então, que o colunista sempre procurou usar um pouco da sua notoriedade para militar em prol da comunidade LGBT no Brasil.