De acordo com o jornal britânico The Telegraph, o cantor Harry Styles precisou ir à Justiça, nessa segunda-feira (14), negar declarações feitas por um homem que afirmou ter recebido propostas para ir a um hotel “se divertir” com o artista. 

Pablo Tarazaga Orero morava em frente à casa do ex-One Direction, mas se mudou em julho deste ano. Ele foi preso e disse para as autoridades que lhe foi oferecido quantias em dinheiro sair com Styles. 

Harry, que em seu último lançamento deu a entender que é bissexual, negou a história. A justiça britânica alegou que o depoimento do homem é falso. 

Segundo o site, Styles contou que viu Pablo dormindo em um ponto de ônibus, na porta de sua casa, em Londres, e, pela primeira vez, ofereceu dinheiro para que o rapaz fosse para um hotel e comprasse comida. 

O cantor afirmou que nunca houve a pretensão de fazer sexo ou qualquer outro tipo de relação. Ele contou ainda que chegou a comprar comida vegana para o seu “vizinho”. 

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Harry disse que a presença de Pablo era desconfortável. “Achei um pouco estranho. Sua expressão fácil fez eu me sentir um pouco desconfortável”, disse ele.

Após ser considerado culpado, o jovem falou que só queria o dinheiro oferecido por Styles. “Eu só queria o dinheiro que ele me ofereceu. Eu não tenho nenhum sentimento por ele. Não estou apaixonado por ele”, ressaltou. A sentença final será dada no dia 21 de outubro.