O cantor Ricky Martin participou nesta segunda-feira (22) de mais um protesto em Porto Rico pedindo a renúncia do governador, Ricardo Rosselló.

Milhares de manifestantes saíram pelas ruas de San Juan pedindo a renúncia de Rosselló, depois de mensagens vazadas pelo Telegram em que ele faz comentários homofóbicos e sexistas com assessores.

Ricky Martin liderando o protesto contra o governador de Porto Rico

Martin e o cantor Bad Bunny , que são porto-riquenhos, foram diretamente ofendidos pelo governador. Rosseló disse que não vai concorrer à reeleição no ano que vem e renunciou à liderança do Novo Partido Progressista, mas a promessa teve pouco efeito nas manifestações.

Em cima de um caminhão: Rapper Bad Bunny, Ricky Martin, e o Rapper Residente

Sob chuva implacável e diante de milhares de porto-riquenhos, o cantor exigiu novamente a renúncia do governador. Ricky Martin para Rosselló: “Em Porto Rico, não seguimos ditadores; é hora de ir ”

“A única coisa que o senhor acaba de fazer com essa mensagem que acaba de divulgar é brincar com a saúde mental dos porto-riquenhos (…) exijo dos presidentes do poder legislativo na ilha que, por favor, comecem o processo de ‘residenciamiento’ (julgamento político). Se não quer sair, essa é a única opção que nós temos”, disse Martin.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Vocês têm que escutar o pedido em massa de cada um dos porto-riquenhos, é a única coisa que pedimos, essa é a única opção que temos. Os senhores têm que começar com esse processo já”, continuou Martin.

#RickyRenuncia – O vazamento das mensagens culminou na pior crise política da história de Porto Rico. Rosselló enfrenta protestos diariamente, mas resiste à pressão para renunciar – um movimento chamado #RickyRenuncia está ganhando adeptos mundialmente.

Rosselló pediu perdão publicamente, mas insistiu que não fez nada de ilegal. No entanto, as consequências foram rápidas: os outros membros do grupo envolvidos nas conversas no Telegram foram demitidos ou deixaram seus cargos. Além disso, aliados políticos se afastaram do governador e murmúrios sobre um possível processo de impeachment começaram.

As manifestações continuam em Porto Rico.