Há meses estamos tendo todo tipo de live e já tá ficando até saturado, né? Mas a live de Inês Brasil no último fim de semana não teve absolutamente nada do que a gente já tinha visto nessa quarentena.

Teve aglomeração? Teve. Mas foi aglomeração do amor. A musa colocou um intérprete LGBTQ+ com uma meia arrastão que arrasou traduzindo tudo que a panterona falava. Um desafio e tanto…

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O auge da transmissão foi quando a lenda protestou contra a violência policial, defendendo inclusive a prisão perpétua para os policiais que estão matando diariamente crianças e adolescentes negros nas periferias do Brasil.

“Eu não aguento mais ver a Globo falando de tanta criança sendo morta. Policial, para de matar! Dá prisão perpétua para polícia, tiro cruzado.”

Confira o vídeo:

Inês também fez um minuto de silêncio pelas vítimas da Covid-19 e chamou a lendária MC Naninha pro rolê.

Rolou até um freestyle!

O nome de Inês Brasil chegou a ser o assunto mais comentado do país e comprovou que a lenda ainda continua relevante.

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.