A modelo, atriz e apresentadora Elke Maravilha vai ganhar sua história contada em audiobook. O responsável pela obra de 11 episódios é o jornalista Chico Felitte.

“Acho que ela teve um impacto imagético muito difícil de medir. Muita gente se diz brutalmente influenciada pela imagem dela, de estilistas a diretores de cinema passando por escritoras. Tem também muitas mulheres LGBTQs”, afirma o jornalista.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Sobre a relação da estrela com a comunidade LGBT+, Felitte reponde em entrevista ao Correio Brasiliense que:

“Ela foi uma grande criadora de entradas e portas para a comunidade LGBT, que ela sempre advogou a favor. E essa foi uma das grandes tristezas dela no fim da vida, porque uma parte da militância a abandonou, começou a achar o discurso dela ofensivo e machista. Ela teve um período de grande tristeza, em que se sentiu desprivilegiada”.

VEJA TAMBÉM:  Assassinos da travesti Dandara finalmente são condenados