Com previsão de estreia nos cinemas no dia 15 de agosto, o filme “Hebe – A Estrela do Brasil” tem como protagonista a atriz Anfréa Beltrão. Nesta semana, a artista deu uma entrevista ao UOL e falou sobre como acredita que a lendária apresentadora estaria se comportando se estivesse viva.

“Ela estaria gritando sobre o feminicídio, ela estaria batendo nesse assunto e contra o assassinato de gays e LGBTI, acho que pra ela isso seria a morte, seria uma coisa incompreensível, da selvageria que se fazem com as pessoas”, disse Andréa.

Ainda no bate papo, a atriz também falou sobre os desafios de dar vida a conhecida “primeira dama da TV” nas telonas. “No começo, uma euforia de ‘poxa, que barato’, mas rapidamente um desespero, porque vi que era uma pessoa muito singular, de personalidade forte, com características marcantes. Pensava: ‘Não vai dar’. Fisicamente não pareço com ela, sou carioca, o sotaque dela é de paulista de Taubaté”, afirmou Beltrão.