Abalado após as sucessivas derrotas em Iowa e New Hampshire, o pré-candidato à Casa Branca Joe Biden encontrou um apoio inesperado na cantora Cher.

Faltando algumas semanas para a etapa final da turnê de Biden, “Here We Go Again”, e alguns dias antes das primárias de Nevada, o candidato vai ter momentos movimentados pela frente, para dizer o mínimo.

Cher aproveitou o tempo livre para enviar um tweet repleto de positividade e apoio, que endossaram a candidatura de Biden e pedia para que ele, atualmente lutando para garantir apoio, não desistisse da posição.

“Bom, hoje e todos os dias, Joe Biden. Esqueci por um minuto o homem bom, sábio e gentil você é, mas não vou te dar as costas nesse momento de luta. Muitas vezes na minha vida, as pessoas diziam: ‘Ela não tem talento, é velha demais para filmes, música e palco’”, declarou no post.

Cher finalizou: “Não desista, Joe”, disse ela, antes de citar o poema de William Henley, Invictus: “‘Sua cabeça está ensangüentada, mas sem arcos”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Por volta de uma hora depois, a artista reafirmou o apoio e atacou outro pré-candidato, Mike Bloomberh.

“Isso provavelmente será impopular. Mas ontem à noite me perguntei: ‘Quem eu seria se negasse um homem que conheço e respeito por um bilionário brilhante, novo e conhecedor de tecnologia? Joe cometeu erros, como todos nós, mas acredito que ele seria [um] presidente civil honesto, inteligente e que não precisa aprender no trabalho”.

A reação dos fãs sobre a atitude da Cher foi uma mistura, alguns endossaram o apoio, teve quem ficasse devastados, enquanto outros se questionaram se o apoio seria o suficiente para ressuscitar a campanha do candidato.

Matéria traduzida do site PinkNews. Para ler a versão completa em inglês, clique aqui.