Em entrevista para Christiane Amanpour da CNN (EUA), Cher revelou por que sempre sentiu uma conexão profunda entre si e os homens gays desde os nove anos de idade.

Amanpour perguntou a Cher se ter um filho transgênero – Chaz Bono – a tornava “mais simpática à comunidade LGBT”, e Cher disse que já amava gays desde quando ela tinha nove anos de idade.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Um dia cheguei em casa e havia dois homens na minha sala de estar com minha mãe e minha tia”, disse a lendária. “Eles estavam arrumando o cabelo e conversando, e eu pensava:‘ Por que nunca tivemos esse tipo de cara por perto? Porque esses caras são, tipo, os mais legais?’”

“Esse foi o meu início no mundo gay”, disse ela, “E sempre fomos assim porque os gays não acham que se encaixam, e eu nunca senti que me encaixava”.

VEJA TAMBÉM:  Cher revela como 2 fãs salvaram sua vida em tentativa de assassinato

O filho de Cher, Chaz, começou a transição de gênero em 2008 e anunciou publicamente que é um homem trans em 2009. Cher desde então falou abertamente sobre seu processo de aceitá-lo como filho.

“Eu não passei por isso tão facilmente.  Quando descobri que Chaz era lésbica, não passei por isso tão facilmente; quando então descobri que Chaz estava fazendo a transição ao gênero masculino também… Conversamos muito sobre isso, na verdade. Mas então Chaz não mencionou mais isso, então eu meio que esqueci ”, disse Cher em uma entrevista de 2018.

Cher e seu filho Chaz Bono. (Foto: Reprodução / Today Show / Kevin Mazur / WireImage)
Cher e seu filho Chaz Bono. (Foto: Reprodução / Today Show / Kevin Mazur / WireImage)

Ela acrescentou: “Acho que é sobre o medo, principalmente. Eu me perguntei: quem será essa nova pessoa? Porque eu sei quem é a pessoa agora, mas quem será a nova pessoa e como isso funcionará e terei perdido alguém? ”

Então Cher teve uma revelação que a fez superar os questionamentos: “Pensei em outra coisa: pensei, meu Deus, se eu acordasse amanhã e fosse um homem, estaria arrancando meus olhos. E então eu sei que se é isso que ele sente, deve ser tão doloroso quanto eu acordar e não me enxergar no meu próprio corpo. E pra mim não faz nenhuma diferença o que os outros pensam ou deixam de pensar.”

VEJA TAMBÉM:  Gigantes de Hollywood se unem em campanha por visibilidade trans, após caso Scarlett Johansson

Assista a entrevista de Cher para a CNN na íntegra abaixo:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).