O ator Charlie Carver, detaque recente na série Ratched e no filme The Boys In The Band da Netflix, disse que um colega de trabalho gay da indústria do entretenimento que ele preferiu não identificar quem seja, certa vez o criticou por atuar de modo “muito afeminado”, isso ainda seguido de um tapa na sua cara. E tudo ocorreu em uma after-party do Emmy 2015.

Em entrevista à Variety para divulgar o novo drama da Netflix, The Boys In The Band, no qual aparece junto a um elenco repleto de atores abertamente gays, o ator relembrou a noite trágica: “Ele me disse que eu precisava ‘me controlar mais‘ pra me dar bem neste meio (Hollywood)”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Chateado com o comentário, mais tarde naquela mesma noite, Charlie Carver foi até a pessoa e perguntou o que exatamente queria dizer. Ao invés de esclarecer, o homem simplesmente deu um tapa no rosto dele.

VEJA TAMBÉM:  Netflix: Ratched, de Ryan Murphy, mostra LGBTs nos anos 40
Charlie Carver em Ratched, da Netflix. (Foto: Reprodução / Netflix)
Charlie Carver em Ratched, da Netflix. (Foto: Reprodução / Netflix)

“Não foi lúdico, mas intencional. Uma bofetada ”, diz Carver. “E eu disse a ele que se ele me tocasse de novo, eu iria expor a situação”.

Foi ali que Charlie Carver decidiu que não iria mais viver desse modo, se controlando e fingindo uma masculinidade que nunca teve: “Nesse momento eu disse a mim mesmo: ‘Não consigo aguentar mais. Eu não posso ficar me policiando dessa maneira.’”

Isso foi o que lhe deu forças para, em janeiro de 2016, sair do armário publicamente em seu Instagram.

Agora com 32 anos, o ator se destacou pela primeira vez com um papel recorrente em Desperate Housewives, mas foi sua aparição em Teen Wolf que realmente o lançou à fama.

Este ano, ele participou de duas grandes produções de Ryan Murphy na Netflix: Ratched e The Boys In The Band. Ainda para o próximo ano, Charlie Carver vai aparecer nos cinemas em Batman, ao lado de Robert Pattinson que protagoniza a obra.

VEJA TAMBÉM:  Sarah Paulson rebate críticas por ser casada com atriz 32 anos mais velha

Parece que pra um ator “muito afeminado”, ele está se dando muito bem, né? Azar o de quem o criticou por isso…

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).