No dia 30 de junho, acontece uma edição da Parada do Orgulho LGBT, em Santa Maria, no Distrito Federal. E a grande convidada prometida para o evento, seria Inês Brasil.

No entanto, a possível presença da “panterona” não agradou muito os internautas, que detonaram a organização do evento nas redes sociais reclamando da presença de Inês.

Sendo assim, após a péssima repercussão, apenas 24h após anunciar a presença da artista no evento, os organizadores resolveram mudar de ideia.

Sem citar nomes, o presidente da ONG JUDIH LGBT, que organiza a Parada, afirmou em nota: “Ouvindo as críticas, decidimos substituir a artista que, supostamente, apoiou a um presidente da República declaradamente homofóbico”, disse.

Para quem não se recorda, em 2017, Inês posou em uma foto ao lado de Jair Bolsonaro. Na época, ela foi bastante criticada e disse que só tirou a foto com atual presidente, porque ele pediu.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Resultado de imagem para ines brasil bolsonaro
Inês Brasil em foto com o então candidato à presidência (e homofóbico assumido) Jair Bolsonaro.