Com as quarentenas que a expansão do coronavírus tem gerado em todo o mundo, os empreendimentos informais ou de autônomos são um dos setores que mais sofrem, já que não possuem mais uma clientela e, com isso, o dinheiro para pagar as contas e funcionários também some. 

Foi o caso do bar gay Cubbyhole, de West Village, Nova Iorque, que está com as portas fechadas para evitar aglomerações. Neste momento o espaço não está com nenhum lucro e para ajudar o estabelecimento nessa época difícil o apresentador Andy Cohen resolveu doar mil dólares, por meio da campanha “GoFundMe”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O apresentador, que é abertamente gay, do programa “Watch What Happens Live” também foi uma das vítimas do coronavírus, testando positivo para o vírus. Aos 51 anos, Andy compartilhou a notícia nas redes sociais e relatou que precisaria ficar afastado do programa, mas a distância não durou muito.

Em entrevista The Hollywood Reporter, Andy contou que vai gravar o programa do apartamento mesmo e que “Mal posso esperar por voltar”.

“Fico feliz em informar que estou a sentir-me melhor e que vou voltar esta manhã ao Radio Andy e tentarei terminar o dia com um sorrido quando começar o WWHL (‘Watch What Happens Live with Andy Cohen’) em casa”, escreveu em post no instagram.