A família do participante Victor Hugo, do BBB 20, fez um apelo aos internautas para que respeitem o participante do reality, que segundo eles, está sendo perseguido tanto dentro da casa pelos outros brothers quanto fora pelo público.

Em entrevista ao site Observatório, os pais do rapaz falaram que temem o ódio gratuito de muitos comentaristas do programa nas redes sociais e também fora. Eles inclusive tem sentido medo de sair na rua e serem reconhecidos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Ele está sendo massacrado. As pessoas não estão ouvindo ele, não estão dando apoio, sempre julgam… A nossa família está passando por dificuldades porque não estamos conseguindo digerir tanta maldade desse povo. O povo é injusto! […] Ele só está procurando fazer o melhor. Nunca foi injusto com ninguém, e as pessoas estão procurando levar pra esse lado. Ele foi agredido, ridicularizado…”, disse a mãe de Victor Hugo.

Já o pai do rapaz, Hélio Teixeira, prometeu tomar medidas contra os haters que Victor Hugo tem ganhado na Internet: “Nós estamos de olho nesses ‘odiadores de plantão’, e estamos monitorando esse tipo de comportamento vergonhoso dirigido ao Victor Hugo. Vamos tomar as medidas cabíveis dentro da lei, e estamos acompanhando tudo de perto.”

VEJA TAMBÉM:  Manu Gavassi dá show de sensatez ao falar sobre homofobia no BBB; assista

Sobre o excesso de críticas do público em relação ao comportamento de Victor Hugo no reality, por diversos motivos, o pai pondera: “O Victor Hugo está na xepa há mais ou menos cinco semanas, mas as pessoas acham que só quem está na Xepa é o Felipe e o Babu. O Victor eles não contam. Todo mundo pode tirar onda de ‘coitadinho’, mas o Victor não. É normal para as pessoas que estão lá dentro e aqui fora, o Victor ficar na Xepa, comer mal, ser isolado, ser enforcado por um participante, sacudido pela camisa por um participante, ser gritado, xingado…”.

E continuou: “Tudo isso é normal pra quem tá lá dentro e para os ‘odiadores’ aqui fora. Nós somos o saco de pancada do Big Brother, e todo mundo acha isso normal. Só que isso não está certo. E a gente tem sofrido muito aqui, de todas as formas, psicologicamente, a gente já fica sem querer ir na rua com medo de ser ridicularizado, ofendido…. Não está sendo fácil.”

VEJA TAMBÉM:  Em live, Daniel responde sobre bissexualidade e possibilidade com Prior fora do BBB

Por fim, na mesma entrevista ao Observatório, a família pediu: “Pelo amor de Deus, respeitem o Victor Hugo! Ele tem família, ele tem uma vida aqui fora, ele merece respeito como todo e qualquer cidadão de bem. Ele não cometeu nenhum crime. Se tem alguém que está sendo injustiçado, é ele. Torçam para o seu brother preferido, mas, pelo amor de Deus, torça com responsabilidade. Não é com ofensa, ódio gratuito, atingindo, massacrando, difamando e espalhando ódio pelas redes sociais que vocês vão chegar a algum lugar.”

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).