Uma falha ativa há cerca de três meses em um aplicativo de encontros gays pode ter permitido o acesso há imagens íntimas privadas de seus usuários. A revelação foi feita pelo site britânico The Register.

O Jack’d, uma plataforma bastante usada principalmente por gays nos Estados Unidos e ainda pequeno no Brasil, admitiu o erro ao portal Pink News.

“Nossa equipe de tecnologia está ciente da vulnerabilidade da foto e já programou as mudanças para essa correção.”, disse Mark Girolamo, executivo-chefe do grupo Online Buddies, da equipe do Jack’d ao PinkNews.

Com os dados acessíveis, qualquer pessoa poderia se logar no sistema do aplicativo e obter dados pessoais de mais de 5 milhões de usuários.

Uma nova correção foi implementada no último dia 7 de fevereiro para corrigir a falha. Procurado, o Jack’d não informou por qual razão não agiu antes para impedir o acesso a dados privados que se encontrava aberto há 3 meses.


Assista também:


Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).