No que depender das redes sociais de Mark Zuckerberg, aparentemente a Internet vai se tornar cada vez mais um local moralista e cheio de censura. Um verdadeiro desserviço e totalmente desnecessário.

Se preocupar com a disseminação desenfreada de Fake News que elege a extrema direita no mundo pra que, se podemos nos preocupar com o uso de emojis, não é mesmo?

Conforme relatado pelo site de notícias da indústria adulta XBIZ, as redes sociais e plataformas atualizaram seus padrões da comunidade. De acordo as novas regras, os emojis de berinjela ou pêssego não podem mais ser usados ​​com intuito sexual ou terão seus posts bloqueados em breve. 

Além disso, os usuários não poderão postar fotos que usam emojis para censurar a nudez e não podem indicar seguidores para páginas onde a pornografia é visível. Esta última regra significa que vincular a uma página OnlyFans ou JustForFans na sua biografia é motivo para remoção.

Como observado no ano passado, as postagens também não podem incluir menções ou representações de “papéis sexuais, posições sexuais, cenários de fetiche, [ou] estado de excitação”, entre outras condições.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Quando perguntado sobre esta atualização, um porta-voz do Facebook (dono do Instagram) disse ao XBIZ que “nada mudou em termos da política em si ou de como a aplicamos, simplesmente atualizamos o idioma para torná-lo mais claro para a nossa comunidade”.

“Frequentemente fazemos atualizações em nossos padrões da comunidade”, afirmou a empresa. “Publicamos essas alterações em nosso site de padrões da comunidade para que nossa comunidade esteja ciente.”

A explicação, embora frustrante, certamente acompanha. Durante meses, os usuários que usaram o Instagram como uma maneira de vincular seguidores a seus sites OnlyFans e JustForFans foram banidos do Instagram sem aviso, sem nunca postar nenhum material explícito. Essas “novas” diretrizes apenas confirmam o que alguns já suspeitavam ser o caso.

Cada vez mais parece que a única plataforma pública massivamente usada disponível para promoção para quem publica conteúdo relacionado à sexualidade é o Twitter.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).