A ex-mulher do cantor Elton John, Renate Blauel, tentou suicídio na lua de mel do casal em 1984, conforme consta em autos de um novo processo que tramita na Justiça.

Renate Blauel atualmente está processando o cantor, com quem ela foi casada por quatro anos, pedindo £ 3 milhões de libras em indenização depois que ele falou sobre seu antigo relacionamento em seu livro de memórias, supostamente quebrando um suposto acordo que eles fizeram após o divórcio de 1988 para nunca discutirem a história de seu relacionamento publicamente.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Elton John's ex-wife is taking him to court
Renate e Elton John: casados em 1984.

Ela alega que o interesse no relacionamento deles causado pelos lançamentos do livro “Eu” e o filme biográfico “Rocketman” de 2019 a causaram angústia, algo que ela diz que John deveria estar ciente devido ao seu histórico de problemas de saúde mental.

De acordo com um processo da Suprema Corte relatado pelo The Times na quarta-feira (26 de agosto), Blauel lutou contra a depressão e a ansiedade durante seu casamento e tentou o suicídio três dias depois de sua lua de mel.

VEJA TAMBÉM:  Elton John comemora 15 anos de casamento: "eternamente grato pelo amor"

Ela revelou que, enquanto estavam de férias em St Tropez “aproximadamente cinco ou seis meses após o casamento”, John disse “sem qualquer cerimônia” que o casamento não estava funcionando e nem iria. Naquela noite, ela disse, foi levada às pressas para o hospital pela assistente de John, que estava na lua de mel com eles, após uma tentativa de suicídio.

Blauel afirma que John “ficou com raiva” depois de saber disso e não a visitou durante sua estada de dois dias no hospital.

“Ao receber alta e, o Sr. Halley encontrou a reclamante no hospital com sua bagagem e a levou direto para o aeroporto, onde ela embarcou em um vôo de volta para Londres”, diz o processo . “Depois de aproximadamente uma a duas semanas, ela foi autorizada a se juntar ao réu na lua de mel”.

A advogada de Elton John, Jenny Afia, respondeu à alegação dizendo que “sempre respeitou a privacidade de Renate e continuará a fazê-lo”: “Está bem documentado que o casamento deles foi completamente respeitoso e o relacionamento que Elton e Renate tiveram depois que se divorciaram continuou a ser gentil, respeitoso e honrado pelos 30 anos seguintes,” disse ela.

VEJA TAMBÉM:  Mulher relata como se sentiu ao descobrir que o marido, com quem era casada há 20 anos, é gay

“Também achamos desconcertante que esta reclamação esteja centrada em torno da privacidade, quando em cada fase do processo Renate optou por arquivar essas reclamações em domínio público (quando ela poderia ter optado por mantê-las confidenciais) sobre supostas experiências que aconteceram durante seu casamento o que vai contra todos os fundamentos do caso. Isso só mostra o verdadeiro propósito desta afirmação que é extrair uma grande soma de dinheiro de Elton e manchar seu nome publicamente com falsidades”, alegou a defesa de Elton John.

Elton John's husband and children: Inside their family life - Smooth
Elton John, marido e filhos: juntos desde 1993.

Desde a separação de Elton, Renate Blauel evitou os holofotes. Em 2001, ela mudou seu nome por escritura de votação e mentiu para amigos sobre se mudar para a Alemanha, afim de se livrar de qualquer contato, afirmam os processos judiciais. Depois, ela voltou temporariamente para Blauel enquanto processava seu ex-marido para proteger sua identidade.

VEJA TAMBÉM:  Você PRECISA ouvir Lady Gaga cantando “Your Song” do Elton John

Além da soma relatada, ela também está tentando impedir que futuras edições ou adaptações de suas memórias falem no assunto do casamento deles.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).