A atriz americana Alyson Stoner, conhecida pelas séries do Disney Channel, “Zack & Cody: Gêmeos em Ação” e “Doze é demais”, acaba de sair do armário.

Em entrevista ao Teen Vogue, a estrela que também já trabalhou como bailarina de Missy Elliot, contou que já sofreu muito para se aceitar inclusive participando de terapias de cura-gay em igrejas.

“Minhas letras e músicas antes de encontrar minha namorada me ajudaram muito. Meu novo single ‘When It’s Right’ fala sobre a descoberta deste meu novo mundo onde sou eu mesma e posso chamar de lar. E claro que ela foi uma grande ajuda e inspiração.”

Em um post em seu Instagram ela saiu do armário fazendo humor com um print em que, em uma série do Disney Channel, beijava um menino e escrevendo: “É… Disney Channel já não é a mesma coisa!”

Sobre o tempo em que tentou cura-gay, ela revelou: “Eu rezava dia e noite pra parar de ter aqueles desejos. Alguns pastores diziam que iam reverter minha homossexualidade e que eu seria curada. Me forcei a ter relações com homens pra me convencer de algo. Depois de tudo, percebi que eu estava apenas me forçando e parei de lutar contra eu mesma.”

E concluiu: “Eu sou a Alyson. Me atraio por homens e mulheres, ou seja, pessoas. Amo as pessoas independente dos gêneros e expressões. É a alma que me cativa. É o amor que constrói e podemos melhorar o mundo nos assumindo e nos apoiando em nossas jornadas.”

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).