A cantora Miley Cirus se defendeu de comentários maldosos na Internet que afirmam que ela “se tornou hétero”só porque se casou com o ator australiano Liam Hemsworth.

A dona do hit “Nothing Like a Heart”falou à Vanity Fair que continua sendo membro da comunidade LGBT com orgulho.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Miley se assumiu pansexual em 2015, e em 2017 afirmou se sentir uma pessoa de gênero-neutro: Uma grande parte do meu orgulho da minha identidade é ser uma pessoa Queer”.

E continuou: “O que penso é: pessoas se apaixonam por pessoas, não por gêneros ou aparências, ou o que quer que seja. O que eu amo se traduz acima, em um nível espiritual”.

“Não tem a ver com orientação sexual. Relacionamentos são parcerias na nova geração. Não acho que tenha a ver com sexualidade ou gênero. Sexo é uma parte pequena, e gênero é muito pequena, quase irrelevante”, garantiu a cantora em seu ponto de vista sobre sua orientação sexual.

VEJA TAMBÉM:  Colton Haynes desabafa sobre as dificuldades de ser um ator gay em Hollywood

Sobre seu marido, o ator Liam Hemsworth, Miley ainda disse: “Quem se importa se ele é um garoto, uma garota, se já foi uma mulher… Quem se importa? Somos fortes juntos. 

Já falando sobre seu casamento, que teve um visual bastante tradicional, a cantora afirmou: “Vesti um vestido branco no meu casamento e alisei o cabelo porque queria, mas isso não faz de mim hétero de repente”.

Vale lembrar que a invisibilidade é uma das maiores queixas de bissexuais e pansexuais, que quando estão em um relacionamento com alguém do mesmo gênero, são “lidos” pela sociedade como homossexuais, ou em um relacionamento com alguém de outro gênero, são respeitados e tidos como “heterossexuais”. Conheça mais disso no vídeo abaixo:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).