A empresa de bonecos eróticos Realbotix acaba de confirmar para o final de 2018, o lançamento de um novo robô que vai ter um pênis que funciona.

Muito mais desenvolvido que os tradicionais bonecos infláveis, os novos robôs masculinos são a nova empreitada da companhia após o lançamento com sucesso de robôs femininos no ano passado.

Além de um pênis que “funciona” mecanicamente, cada um vem dotado de um sistema de inteligência artificial chamado de Harmony, que pode funcionar ligado ao smartphone do usuário e simula a vida do brinquedo, se é que podemos chamá-lo assim.

Através do aplicativo, o usuário consegue personalizar o modo de falar, agir e até traços da personalidade de seu robô.


Veja também:


O custo da versão masculina deve vir próximo ao que já é praticado com a versão feminina. Cada exemplar é vendido pela Realbotix pela bagatela de U$ 15 mil dólares, ou quase R$ 50 mil reais.

Falando ao tablóide Daily Star, o CEO da companhia, Matt McMullen, afirmou: “Estamos trabalhando em uma versão masculina cujo pênis é muito mais avançado que os vibradores tradicionais. Além disso, o robô também oferece a possibilidade de ser penetrado, o tornando versátil ou como o usuário preferir.”

Quanto ao tamanho do membro, também deve variar entre alguns modelos e os clientes também poderão escolher o que acharem mais confortáveis, de membros pequenos a médios ou avantajados: “O céu é o limite”, brincou McMullen.

Confira abaixo algumas imagens do robô… Não faz xixi fora da tampa, não deixa toalha molhada em cima da cama, não rouba o controle remoto e ainda transa e fica “pronto” a hora que você bem entender… Mas e aí… você teria um?

View this post on Instagram

Shop shot #realdoll

A post shared by RealDoll (@abyssrealdoll) on


Veja também:

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).