Durante entrevista nesta semana à revista Rolling Stone, Harry Styles falou sobre sexualidade e masculinidade. De acordo com o cantor, hoje em dia ele não tem tanto medo de ser franco e dizer o que pensa.

“Mais aberto. Eu estou descobrindo como me sinto melhor em ser aberto com os amigos. Sentir essa vulnerabilidade, ao invés de manter tudo dentro”, contou.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A matéria ainda conta que “como muitas pessoas da sua idade, o astro pop está em uma fase em que se questiona sobre as questões culturais, de gênero, de identidade e tem novas ideias sobre masculinidade e sexualidade”. “Eu me sinto muito bem em ter um grupo de amigos com quem eu posso sempre falar sobre meus sentimentos e ser bem aberto”, comentou Harry à revista.

Ainda sobre o assunto, Harry completou: “Um pai de um amigo me disse ‘Vocês têm muita sorte de ser quem vocês são. Eu nunca tive amigos que eu pudesse realmente conversar. É muito bom que vocês tenham uns aos outros porque vocês conversam sobre qualquer coisa. Nós não fazíamos isso’”, afirmou.

VEJA TAMBÉM:  Harry Styles surpreende ao responder sobre bissexualidade

Por fim, o popstar explicou porque é sempre tão militante em pautas sociais, como na questão LGBT, por exemplo. “Eu quero fazer as pessoas se sentirem confortáveis ​​sendo o que elas querem ser. Talvez fazê-las sentir durante um show que não estão sozinhas. Eu sei que, como um homem branco, eu não vejo as mesmas coisas que muitas pessoas que vão para os shows. Eu não posso afirmar que eu sei como é, porque eu não sei. Então, eu não estou tentando dizer: ‘Eu entendo como é’. Eu só estou tentando fazer as pessoas se sentirem incluídas e vistas”, finalizou.