Em sua autobiografia, Sir Elton John atacou Madonna reascendendo sua antiga rixa, hoje já mais que resolvida, com Lady Gaga.

Em seu recente livro de memórias Me, Elton falou sobre como seu próprio relacionamento com Madge azedou em 2012 depois que ela acusou Lady Gaga de copiá-la.

Ele escreveu: “Eu costumava tirar sarro dela por fazer tanto lypsinc, mas o problema realmente começou quando ela levou Gaga para um talkshow”.

E continuou: “Eu entendi que o single de Gaga ‘Born This Way’ definitivamente soava semelhante a ‘Express Yourself’, mas eu não conseguia entender por que ela era tão desagradável com ela, em vez de considerar isso um elogio… principalmente por Madonna pregar a sonoridade entre as mulheres”.

“Acho que está errado – um artista estabelecido não deve chutar assim um artista mais jovem logo no início de sua carreira”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Logo após a briga de Madonna com Gaga, Sir Elton comparou Madonna a uma “stripper de feira” em uma entrevista na TV, acrescentando: “Por que ela é um pesadelo? Desculpe, sua carreira acabou. A turnê dela foi um desastre e não poderia ter acontecido de pior forma”.

Sobre os comentários, ele explicou: “Fiquei furioso e disse algumas coisas horríveis sobre Madonna em um entrevistador de TV na Austrália, a cara que eu conhecia desde os anos 70 chamado Molly Meldrum”.

E explicou: “Ali era mais um desabafo em off entre amigos, que nem pensei em entrevista na hora… acabou saindo de contexto na emoção. Eu nem devia ter falado daquele modo, me desculpo por isso”.

Lady Gaga é amiga íntima de Elton John, sendo madrinha de seus filhos. Ele também falou sobre isso: “Ela é uma madrinha maravilhosa! Já deu tanto banho em Zachary, era uma visão incrível!”.

Felizmente, depois de mais de oito anos de indiretas e shades, Lady Gaga e Madonna parecem ter feito as pazes na festa do Oscar de 2019.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).