Parece que a Netflix está tentando perder a fama de produtora de filmes e séries repletas de queerbaiting. Na nova produção, intitulada como Drácula, o icônico vilão será bissexual.


“Ele tem gostos amplos, esse é o Drácula. Desta vez, não é apenas uma coleção de mulheres dos anos sessenta com sutiãs flexíveis. Drácula nunca foi discriminatório, na medida em que ele pode dizer a diferença entre os sexos. Ele procura a comida, mas também as pessoas que o interessam”, disse o roteirista da série Mark Gatiss.


Já no primeiro trailer, é possível ver o Drácula, interpretado por Claes Bang, acariciando o rosto de um rapaz.


A série, uma parceria entre a Netflix e a BBC, foi criada por Steven Moffat e Mark Gatiss e é inspirada na clássica obra literária de Bram Stoker.


Além de bang, estarão no elenco os atores John Heffernan, Dolly Wells, Joanna Scanlan, Morfydd Clark, Lujza Richter, Jonathan Aris, Sacha Dhawan, Nathan Stewart-Jarrett, Catherine Schell, Youssef Kerkour e Clive Russell.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA: