O curso faz parte da iniciativa do projeto “Reprograma” que tem como objetivo incluir mulheres trans e cis no mercado de trabalho na área de TI (Tecnologia da Informação).

O curso vai ser em São Paulo e é gratuito– 100% subsidiado pela Accenture e pela Estação Hack. A Accenture é a maior empresa de consultoria do mundo, com serviços de estratégia empresarial, consultoria, digital, tecnologia e operações.  E a Estação Hack é uma iniciativa promovida pelo Facebook para formar talentos na área de tecnologia, capacitar empreendedores e acelerar startups de alto impacto social.

Sabe quando você acessa um site para fazer inscrição de algo e funciona perfeitamente? Então, essa parte “invisível” de comunicação com o servidor e armazenamento de dados é a parte do back-end. Ela garante que todas as funcionalidades do site sejam executadas e que haja conversa com o servidor.

No curso, as alunas vão aprender programação back-end do zero e ainda receberá capacitação com foco na sua carreira.

Os requisitos para fazer o curso em São Paulo, são:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
  • ser mulher cis ou trans que não estão trabalhando na área de programação.
  • Que possa se dedicar às aulas diárias durante as 14 semanas de curso.
  • Com pouco ou nenhum conhecimento de programação back-end.

As inscrições vão acontecer no perído de 22 de fevereiro até o dia 15 de março. Para saber mais detalhes do curso e fazer sua inscrição clique aqui.