A série norte-americana Friends foi lançada há mais de 20 anos e é um sucesso atemporal. No entanto, por conta de alguns episódios, a trama gera debates até hoje.

Algumas críticas apontam que o programa não envelheceu bem. Marta Kauffman, criadora da obra, reconhece as falhas e admitiu que mudaria algumas coisas, principalmente as piadas sobre o pai transgênero de Chandler (Mathew Perry), vivido pela atriz Kathleen Turner.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em entrevista ao USA Today, Kauffman afirmou que o show seria diferente se fosse feito hoje em dia. “Acho que não tínhamos conhecimento sobre pessoas trans na época, então não tenho certeza se usamos os termos apropriados”, explicou.

Quando questionada sobre as mudanças que ela faria hoje, a criadora do show contou que sempre que assiste a um episódio encontra algum erro, e as piadas mal feitas que afetaram a comunidade trans, segundo ela, “é o maior [erro] deles”.

VEJA TAMBÉM:  Matthew Perry se recusou a participar de episódio homofóbico de Friends

“Tipo, como deixamos essa piada lá? Ou, realmente foi esse o enredo? Foi com isso que fomos”, indagou Marta.

Além disso, ela também comentou sobre o capítulo especial com o Brad Pitt, em que ele, enquanto cursava o ensino médio, espalhou um boato sobre a Rachel (Jennifer Aniston) ser hermafrodita. “Eu poderia não ter feito o material hermafrodita hoje se eu tivesse que fazer isso”, revelou.

Friends teve 10 temporadas e seu último “I’ll be there for you” foi televisionado em maio de 2004, um dos episódios mais assistidos de todos os tempos.