O hit inesquecível “Bohemian Rhapsody”, lançado em 1975 pelo Queen e que também deu nome a ao filme que conta a vida do vocalista da banda, Freddie Mercury, acaba de se tornar a música mais tocada do século 20 das plataformas digitais atuais.

Tanto a música quanto o clipe tiveram mais de 1 bilhão e 600 mil reproduções pelo mundo nos maiores serviços de streaming, de acordo com o Universal Music Group, detentor do catálogo do Queen.

Bohemian Rhapsody ultrapassa incusive os clássicos Smells Like Teen Spirit do Nirvana, Sweet Child Of Mine do Guns N’Roses e Take on me do A-ha, sempre alternando no topo da lista das músicas do século 20 mais tocadas via streaming.

A popularidade certamente foi impulsionada pelo sucesso de bilheteria do filme, que também se tornou a cinebiografia mais vista da história do cinema.

Ao saber da notícia, o guitarrista do Queen, Brian May, afirmou: “Estamos felizes demais da nossa música ainda estar na ativa ao máximo dessa forma!”.

Sir Lucian Graing, do Universal Music Group, afirmou: “Bohemian Rhapsody é uma das músicas mais incríveis da história. Temos orgulho de representá-la e estamos muito felizes por ver o hit trazendo novos fãs pelo mundo ao Queen depois de mais de quatro décadas de seu lançamento. Parabéns ao Queen e Jim Beach (empresário da banda) pela conquista que prova toda genialidade do Queen”.


Assista também:


A música também ganhou um Grammy Hall of Fame em 2004 e a Rolling Stone nomeou uma performance de Freddie Mercury cantando o hit como a melhor performance vocal da história. O clipe ainda é considerado o primeiro vídeo promocional de uma música. Quando lançado, o hino foi ao topo das paradas no Reino Unido, Estados Unidos e todo resto do planeta.

Desde o lançamento, a música também ganhou covers de vários artistas como Pink, Kanye West, Robbie Williams, Elton John, Axl Rose, Philharmonic Orchestra, os Muppets, dentre outros.

Falando nisso, assista ao clipe abaixo:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).