Na última quinta-feira (19), a atriz vencedora do Oscar, Charlize revelou ao jornal Daily Mail, que seu filho de sete anos, Jackson, é transgênero. Desde cedo ela dá liberdade para que ele vista a roupa que quiser. A criança já foi flagrada com vestidos e outras roupas relacionadas ao universo das meninas, mas isso nunca a incomodou.

Ela creditou o aprendizado à sua mãe que lhe ensinou desde cedo que todos devem ter o direito de viverem as suas verdades.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Eu achava que ela [Jackson, ao qual se refere com o artigo feminino] era um menino. Até que ela olhou para mim quando tinha três anos e disse: ‘Eu não sou um menino””, disse a atriz. “Eu tenho duas filhas lindas”, completou, lembrando da pequena August, de três anos, também adotada.

Charlize Theron e as filhas

Segundo ela, seu papel enquanto mãe é amar os filhos e respeitá-los. “Farei tudo que estiver ao meu alcance para eles terem seus direitos protegidos”, afirmou. Charlize revela que essa decisão polêmica parte do fato de sua mãe sempre ter ensinado a ela a importância de viver longe das mentiras e “falar o que tem que ser falado”.

VEJA TAMBÉM:  Mulher trans de Tocantins com apenas 23 anos é morta a tiros em bar

A sul-africana é uma ativista pela comunidade LGBTQ há muitos anos. Em 2009, ela havia anunciado que não iria se casar com seu então namorado Stuart Townsend até que todos nos Estados Unidos tivessem o direito de se unir legalmente.