Jamie Clayton é uma baita atriz e disso todo mundo já sabe. O papel que a gata fez interpretando ”Nomi” em Sense8 foi de tirar o fôlego muitos sentidos.

Pois bem. Ontem (4), Jamie publicou no seu twitter um desabafo bem honesto em relação à falta de oportunidade de papéis para atores trans, sejam estes papéis transgêneros ou cisgêneros.

”Atores trans nunca conseguem audição para qualquer outro papel que não seja de personagem trans. Esse é o problema! Nós não conseguimos nem entrar nos testes! Contratem atores trans para fazerem personagens que não são trans!! Eu desafio!!”, disse a atriz.

O desabafo de Jamie não veio em vão. Fora muito do que já passou na vida, o post veio a tona por conta da polêmica recente envolvendo a atriz Scarlett Johansson que irá interpretar um homem trans em um novo filme chamado ”Rub and Tug’‘. A obra contará a história real de Dante ”Tex” Gill, um homem trans que viveu na década de 70.

Como ”Nomi” quis dizer, o problema não é necessariamente uma atriz cis interpretar personagens transgêneros, mas sim a falta de oportunidades de pessoas trans interpretando personagens cis.

Como já disse a atriz Maria Clara Spinelli no quadro 24 Perguntas do Põe Na Roda, nenhum ator trans consegue viver só de fazer papéis trans. E como Jamie deixou claro, dificilmente estes são escalados para papéis de personagens não transgêneros (ou cisgêneros).

Falando nisso, se ainda não viu, assista a entrevista abaixo:

Até quando teremos que lidar com a falta de oportunidades para pessoas trans em qualquer mercado de trabalho, né?

Veja também: