Na última sexta-feira (2) a cantora e atriz Linn da Quebrada divulgou uma nota em seu instagram informando que não se apresentará mais na Parada LGBT de João Pessoa programada para acontecer no dia 29 de Setembro.

No comunicado oficial intitulado “Censura“, a equipe de Linn descreve que teve o show cancelado pela organização do evento “por considerarem o discurso da artista, nas palavras da FUNJOPE (Fundação Cultural de João Pessoa), ‘muito pejorativo'”:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Estávamos desde Julho em negociação com a Frankla (co-organizadora do evento), cumprimos todos os processos burocráticos para a realização do show. Porém, após uma reunião da organização da parada, juntamente com a FUNJOPE, recebemos a informação de que o show não aconteceria. A justificativa do veto se deu pelo posicionamento que Linn da Quebrada tem como artista, consequentemente seu trabalho, e o que a mesma representa como corpo político.”

VEJA TAMBÉM:  ‘Bixa Travesti’: documentário premiado de Linn da Quebrada ganha data de estreia nos cinemas; veja o trailer

A artista, que teve seu documentário “Bixa Travesty” premiado em Cannes, comentou sobre o ocorrido nos comentários da publicação:

Se me calam, é porque de alguma forma minha voz assusta. (…) O que mais me deixa triste é não poder realizar esse encontro agora nesse momento tão importante & delicado. Ainda mais se tratando de uma ocasião tão especial como a parada TLGB de João Pessoa. É triste perceber que a censura parte até mesmo de dentro da nossa comunidade. (..) A censura não me abala mas me impulsiona a continuar fazendo com ainda mais coragem e integridade meu trabalho.