Um casal de bailarinos fez história ao vencer o programa de TV da Dinamarca, Vild med Dans, a versão dinamarquesa do reality de dança mais popular do mundo, o Dancing With The Stars.

A dupla é composta pelo ator gay final Vild med Dans, 42, e pelo bailarino profissional Silas Holst, 36. Durante a competição, programa a programa, eles sempre impressionaram o público e o júri com suas coreografias, garantindo a maior pontuação em quatro dos oito episódios anteriores do programa.

Embora a participação do casal tenha recebido muitos elogios, houve crítica e homofobia também. Fauerby apareceu em vários noticiários para defender sua participação como parte do primeiro casal gay em 16 anos de história do programa.

“Somos um país pequeno, com apenas 5,6 milhões de pessoas, e toda sexta-feira mais de um milhão de pessoas se sintonizam para assistir ao show e muitos outros o assistem sob demanda depois”, relata Fauerby à LGBTQ Nation.

“Existem muito poucos programas que todo mundo vê, e este é um deles, então há muita importância nessa representatividade“, disse.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ele ainda falou que as críticas desapareceram após os primeiros shows e a novidade de ver dois homens dançando juntos desapareceu em pouco tempo.

“O que aconteceu após os dois primeiros shows é que as pessoas viram que não teriam sexo anal no palco. São sentimentos. É sensualidade. Mas não é sexualidade. São apenas duas pessoas dançando”, explicou.

Quando dançaram seu paso doble na grande final, que foi ao ar na última sexta-feira (29), uma das integrantes do júri, Marianne Eihilt aplaudiu e disse: “Estou muito orgulhosa de morar em um país onde dois homens podem fazer uma final destas”, relata Politiken.

Depois, Fauebry, pai de dois filhos, foi ao Instagram para postar sobre sua alegria e orgulho em vencer.

Ele chamou seu parceiro de dança, Host, de “o homem mais corajoso” e agradeceu por fazer parceria com ele: “Valeu a pena. Agora temos que festejar! Com todo o meu coração, muito obrigado”.

Holst por sua vez postou: “Estou orgulhoso! Orgulhoso do nosso trabalho árduo recompensado, mas o mais importante é o orgulho de compartilhar um país com todos vocês que ousaram abrir sua mente e olhar para algo novo com os olhos abertos”.

Veja abaixo alguns vídeos de algumas performances dos dois:

E veja o vídeo da performance dos dois na grande final:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).