Desde que foi colocada em uma tutela por seu pai em 2008, Britney vem lutando por sua liberdade, porém o caso só ganhou a mídia recentemente, e felizmente, a audiência desta quarta (16) teve retorno positivo.

Antes, James Spears coordenava majoritariamente tanto a tutela pessoal quanto a financeira da filha. Porém, após a repercussão do movimento #FreeBritney, a princesinha do pop ganhou voz e conseguiu o direito de contratar um advogado para afastar pai de sua vida. 

A Forbes relatou que antes do pai assumir o controle de Britney, ela possuía mais de 700 milhões em conta em 2008, porém atualmente só consta 56 milhões. Isso fora os faturamentos da diva durante esses 12 anos, que fez 3 turnês mundiais, 4 álbuns de sucesso, residência em Vegas, participações em séries de TV, etc.

Na audiência de ontem, a juíza acatou o pedido do advogado de Britney para investigar as finanças da cantora durante esses anos, com prazo de até março. Advogados de James tentaram reduzir esse tempo de investigação para janeiro do ano que vem, mas foi recusado pela juíza.

Foi decidido também que o pai de Britney está oficialmente afastado de sua tutela pessoal, entrando Jodi Montgomery, responsável indicada pelo tribunal a cuidar do lado não profissional de Spears, até ano que vem. Segundo a mídia americana, Britney tem como objetivo retirar o pai para depois entrar com pedidos de liberdade.

Essa função que era exercida por James, fazia com que ele comandasse os lugares a qual ela pode ir e até quem pode ver. Vários famosos já relataram que quiseram ter mais contato com Britney, mas foram impedidos por sua equipe, como Iggy Azalea. A rapper ainda disse que para a artista ir visitá-la foi preciso que sua casa fosse vasculhada antes. 

 

Processo de liberdade 

Na penúltima audiência em outubro, Sam Ingham, advogado da cantora, anunciou que Britney não iria trabalhar enquanto seu pai estivesse no controle de sua situação financeira e que a celebridade teria medo de James.

“Minha cliente me informou que tem medo do pai. Ela não vai se apresentar novamente enquanto o pai dela estiver no comando de sua carreira”, afirmou Samuel D. Ingham III à juíza.

Vale ressaltar que James também perdeu, neste ano, a função de ser o único supervisor da tutela financeira. Britney indicou a instituição Bessemer Trust, responsável por controlar o dinheiro de empresas como Microsoft, para supervisionar sua renda, com receio de ocorrer mais transações suspeitas do pai. Pedido foi acatado por juíza, mesmo James tentando recorrer desejo da filha.

 

Mãe defende filha

Na audiência de outubro, expressando opiniões fortes, Lynne Spears, ex-mulher de Jamie Spears e mãe de Britney, que não tem papel ativo na tutela, mas é considerada parte interessada, definiu o pai de Britney como uma pessoa “tóxica”, e que sua filha merecia começar do zero.

O advogado acrescentou que Lynne Spears, escutava do pai de Britney que ele descrevia a filha como “um cavalo de corrida, e é assim que ela precisa ser tratada”.“Partiu o coração de Lynne que as coisas tenham chegado a esse ponto”, disse o advogado, Gladstone Jones.

Vale ressaltar que a tutela de Britney é assinada como “voluntária”. Tabloides dizem que quando a celebridade perdeu a guarda dos filhos em 2008, James prometeu a então tutela de 1 ano para filha, apenas como recurso de conseguir o direito sobre os netos novamente, porém teria sido um golpe.

James não teria cumprido com a palavra e o que era para durar apenas 1 ano, com termino em 2010 por motivos nobres, já dura 12 anos, de angústias, aprisionamentos, ameaças e possíveis roubos.

Ligação de Britney denunciando seu pai de ameaças sobre os filhos, caso a tutela terminasse em 2010, vazou recentemente, ouça:

Britney chorando ao sair de sala do advogado em 2010 ao saber que James não retirou a tutela
Britney chorando ao sair de sala de advogado em 2010 ao saber que justiça não retirou a tutela (Reprodução)

Médico morre em processo de tutela

O psiquiatra de Britney Spears morreu apenas algumas semanas antes de ir aos tribunais em 2018, para relatar o estado de Britney durante a tutela.

A morte do Dr. Timothy Benson ainda está em perícia, mas as autoridades suspeitam de ter sido consequência de um aneurisma no dia 24 de agosto, em Santa Monica, de acordo com o tabloide TMZ. Ele tinha apenas 48 anos. O médico era responsável pelos cuidados de Britney com relação à sua saúde mental, e estava sendo avaliado nos últimos três meses por um revisor judicial, que deveria apresentar seu relatório ao juiz nas próximas duas semanas.

Britney não possui qualquer problema mental segundo documentos legais

O pai de Britney em 2008 apresentou laudos secretos aos tribunais de que a cantora teria algumas doenças mentais. Porém, recentemente, foi descoberto que esses documentos só foram averiguados por um médico, curiosamente designado por James.

Reviravolta! Os documentos obtidos pela BBC neste ano (2020), apontaram que Britney não tem uma deficiência mental em desenvolvimento, e não é atualmente paciente do Departamento de Hospitais Estaduais da Califórnia ou do Departamento de Serviços de Desenvolvimento da Califórnia, como estava em seu documento de entrada de tutela. O médico que morreu, provavelmente confirmaria esse relatório.

Agressivo

De acordo com o TMZ, Jamie, pai de Britney, agrediu fisicamente um de seus netos, Sean, de 13 anos, final de 2019. O site relatou que envolveu enforcamento e socos.

Britney, por ser tutelada por seu pai, e não ter autonomia jurídica, foi afetada diretamente. A guarda, que antes era compartilhada por 50/50% com o ex-marido, Kevin Ferdeline, passou a ser 70% para o pai e 30% para a cantora.

Segundo o site, essa agressão foi o estopim para que Britney tomasse atitudes mais drástica, passando a não ceder mais as chantagens do pai. Fontes próximas a artista relata que ela prefere que seus filhos fiquem com Kevin para poupar os meninos de viverem com o avô e todo o clima pesado que o ronda.

No aniversário dos filhos deste ano, Britney não pôde estar com eles e nem postou uma foto atual como de costume, mas deixou uma emocionante mensagem para os dois, recebendo inúmeras mensagens de apoio dos fãs nos comentários:

“Como cresceram! A mamãe ama muito vocês! Que todos os vossos desejos de aniversário sejam realizados…”

 

Resumo

A estratégia de Britney e seu advogado é arrancar todos os vínculos do pai, tanto da parte financeira como pessoal da cantora, para que ela possa buscar a liberdade de ser uma cidadã autônoma, visto que ela não tem prescrição médica para continuar sob tutela, dando a entender que ela só ainda está inserida por interrupções de James.

Mas para isso ela terá que fazer esse processo aos poucos, como confirma o advogado da artista: 

“Britney é fortemente contra seu pai continuar como tutor do patrimônio dela. Ao invés disso, sem desistir em nenhuma maneira de seu direito de pedir pelo fim dessa tutela no futuro, ela prefere firmemente ter um fiduciário corporativo qualificado escolhido para trabalhar nessa função”, afirmou o comunicado, que reforçou o fato de a cantora não ter nenhuma deficiência de desenvolvimento, nem ser paciente de alguma instituição médica da Califórnia” Afirmou em uma audiência de setembro.

Os desejos da cantora estão sendo realizados, visto que seu pai já foi afastado de sua tutela pessoal e está sendo investigado para sair de vez da tutela financeira. Com o esquema implantado por James, Spears não possui direitos básicos como votar e ter a escolha sozinha de engravidar. A artista só conseguiu contratar o advogado, pois o caso ganhou a mídia.

 

Carioca, antenado e intenso. Redator do Põe na Roda e Produtor Digital da Rádio Rio de Janeiro. Amante das artes, desde as cênicas até a fotografia. Taurino com 21 anos, apreciador raiz da cultura pop e um jornalista em construção.