Brad Pitt e Leonardo Di Caprio já recusaram protagonizar Brokeback Mountain, revela produtor.

Em entrevista recente, o produtor de elenco Gus Van Sant revelou que muitos atores famosos recusaram protagonizar o longa-metragem Brokeback Mountain, vencedor de três Oscars em 2006.

Na época em que foi produzido, 2004, o filme era uma grande ousadia por tratar da história de uma paixão gay. Inclusive este mesmo produtor pediu demissão da função de produtor de casting após tantas recusas de famosos. Ele também achou que a obra não conseguiria ser realizada.


Assista também:


“Ninguém queria fazer! Eu trabalhava dia e noite por um elenco incrível e famoso e ninguém topava!”, revelou ele.

Dentre os nomes convidados e que recusaram o convite, estavam Leonardo Di Caprio, Brad Pitt, Matt Damon e Ryan Philipe. Todos disseram não.

Na época ainda havia a crença de que um papel gay poderia afetar a carreira de um ator que costumava pegar personagens galãs heterossexuais.

Os papéis acabaram indo parar finalmente nas mãos de Jake Gyllenhall, que deu vida ao personagem Jack Twist, e Heath Ledger, que viveu Ennis Del Mar.

Contrariando todas as expectativas, o filme não apenas favoreceu a carreira dos dois atores corajosos que toparam o desafio na época, como acabou sendo indicado a oito categorias no Oscar 2006, levando três estatuetas pra casa: melhor direção para Ang Lee, melhor roteiro adaptado e melhor trilha-sonora.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).