A Batwoman de Ruby Rose acabou de dizer  ao mundo a verdade sobre a sua orientação sexual. O episódio “How Queer Everything Is Today!”, que saiu neste domingo (19), plantou a bandeira do arco-íris bem no centro da cidade de Gotham com a primeira super-heroína abertamente lésbica na TV.

O episódio foca no processo de revelação da heroína, após ela ver um caso de homofobia contra uma jovem lésbica. Kate Kane (Ruby Rose) já era uma mulher lésbica empoderada, mas apenas quando estava sem a máscara.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Eventualmente, Kate [percebeu] que está confortável e fora do armário como Kate, e depois veste o terno e esconde uma grande parte de quem ela é, quando pode realmente estar fazendo o bem se for sincera sobre quem é a Batwoman”, revela a showrunner da série, Caroline Dries, que também é lésbica.

VEJA TAMBÉM:  Justin Bieber conforta fã lésbica que sofre por não ser aceita em igreja

A revelação sobre a sexualidade da Batwoman veio por meio da capa de revista CatCo, em que Kara Danvers, a Supergirl, trabalha. “Batwoman revela que é lésbica”, diz a capa da publicação.