O ator Tom Payne, de The Walking Dead, revelou estar desapontado com a pouca exploração quanto a orientação sexual de seu personagem na série.

Intérprete do personagem Paul ‘Jesus’ Rovia, ele deixou a obra no episódio Evolution da última temporada, que foi ao ar no último dia 25 de novembro.

Perguntado pelo The Hollywood Reporter sobre a saída de seu personagem, Tom disse: “Foi maravilhoso ser parte disso e dar visibilidade a um personagem gay em uma das maiores séries televisivas.”

Ainda assim, ele se disse chateado pelo personagem – gay – não ter uma história marcante no roteiro: “Gostaria que tivéssemos falado mais disso. A sexualidade dele foi pouco explorada, quase não mencionada. Era um personagem tão promissor, poderia ter rendido mais”, disse.

Ele contou ainda que há telespectadores que nem se ligaram que Paul era gay: “É uma pena que não desenrolaram sua história. Eu fiquei tão empolgado pra fazer, achei que fariam mais. Mas suponho que histórias de outros personagens acabaram tomando a linha de frente”.

A nova temporada de The Walking Dead estreia dia 10 de fevereiro.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).