Shumba Patrick, ator nascido na Zâmbia e que faz parte do elenco do longa Pantera Negra, teve seu passado descoberto por internautas.

Radicado nos Estados Unidos, o ator comentou publicamente os posts espalhados pela Internet que mostravam prints de seu passado em atuações em filmes adultos gays.

[xyz-ihs snippet=”VEJA-TB”]
[embedyt]https://www.youtube.com/watch?v=AUSuoRJO4O0[/embedyt]


“Shumba pede que as pessoas parem de compartilhar esses vídeos nas redes sociais. Ele era um homem jovem e não é hoje mais a mesma pessoa”, explicou a assessoria de imprensa do ator.

“Ele tem um forte orgulho da Zâmbia e trabalha duro para deixar seu país e seus cidadãos orgulhosos”. Shumba ainda usou seu Facebook para pedir desculpas pelo “erro”, e falando sobre fé e Deus, diz que se arrepende de ter ferido pessoas no seu passado.

Sinceramente… Não que ele deva desculpas a alguém, né, gente? Qual o problema em ter atuado em pornô gay, afinal?

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).